sábado, 14 de janeiro de 2012

Amanhecer.


O vento puxa o sol
Como uma peça teatral

O vento sopra o mar,
Cria as ondas faz-se afundar.

O vento uiva entre as árvores.
Cria a musica mais bela ouvida pela manhã.

O vento inspira os pássaros.
Eles se abrem,
Voam em segredos,
suas asas cortam o vento.

Seu canto,
logo após uivos entre a árvore,
deixam o sol ser puxado e as ondas serem feitas
com a paz de um recém nascido,
que chora mostrando-se vivo.
Como o dia que nasceu,
Ao som dá orquestra mais bela,
Fazendo o dia brotar sorrindo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário